português-BR

z icon brazil

 

z1Sergio Vilas-Boas é  jornalista, escritor, pensador cultural e professor. Nasceu em Lavras (MG), em novembro de 1965, mas aos dois meses de idade mudou-se com sua família para Belo Horizonte, cidade onde viveu por 30 anos. Morou em Nova York (1993-94) e em São Paulo (1998-2016). Em BH, formou-se em Jornalismo (1993). Em São Paulo, foi editor e repórter especial de cultura no caderno “Fim de Semana” do diário “Gazeta Mercantil”. Paralelamente, defendeu seu mestrado e seu doutorado na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP).

Suas pesquisas de pós-graduação sobre Narrações Biográficas resultaram em três livros referenciais no Brasil: 1) “Perfis: o Mundo dos Outros” (2014, 3ª edição, coletânea de 22 reportagens e 1 ensaio intitulado “A arte do perfil”); 2) “Biografias & Biógrafos” (2002, decorrente do seu mestrado), que discute as questões centrais da atividade biográfica na segunda metade do século XX; e 3) “Biografismo: Reflexões Sobre As Escritas da Vida” (2014, 2ª edição, decorrente de seu doutorado), em que Sergio filosofa sobre a mentalidade dos biógrafos contemporâneos.

Multifacetado, inquieto e independente,  Sergio publicou ainda dois romances: “A Superfície Sobre Nós” (2015) e “Os Estrangeiros do Trem N” (1997) – este último venceu o Prêmio Jabuti 1998. É um dos cofundadores da Academia Brasileira de Jornalismo Literário (ABJL), da qual foi diretor e professor de pós-graduação de 2005 a 2011. Criou e editou (2003-2010) o textovivo.com.br, portal de narrativas de não ficção. Membro da International Association of Literary Journalism Studies (IALJS). Entre 2011 e 2015, foi professor de reportagem (graduação e pós) na Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo. Currículo Lattes.

Presta consultoria em Jornalismo Narrativo para empresas, famílias e pessoas interessadas em resgatar suas memórias. Nessa linha de trabalho, lançou dois livros biográficos: “Doutor Desafio” (2011), sobre o empresário Luiz A. Garcia, do Grupo Algar, do setor de telecom e agronegócio; e “Ivens Dias Branco” (2013), sobre o presidente da M.Dias Branco S/A, gigante do setor de alimentos.

Desde outubro de 2016 Sergio vive em Florença, Itália, onde prepara um novo livro: “Philosophy of Biography”.